sexta-feira, outubro 12, 2007

Exemplo de elites revolucionárias

Ao contrário do que nos ensinam nas escolas, o principal motor da Revolução Francesa não foi a massa "oprimida" pelo regime vigente, mas sim elites revolucionárias.
"Um estudo exato da História nos mostra, com efeito, que não foram as massas que fizeram a Revolução. Elas se moveram num sentido revolucionário porque tiveram atrás de si elites revolucionárias. Se tivessem tido atrás de si elites de orientação oposta, provavelmente se teriam movido num sentido contrário." (Cfr. RCR, Parte II, Capítulo II).
Eis algumas das figuras que fizeram a Revolução Francesa:

Maximilien François Marie Isidore de Robespierre (1758-1794)
Advogado e político. Neto de um rico homem de negócios. Completou seus estudos no Colégio Luís, o Grande, da Universidade de Paris.

Georges Jacques Danton (1759-1794)
Advogado e político. Formou-se em Direito na Faculdade de Reims.


Jacques-René Hébert (1757-1794)
Jornalista e político. Filho de joalheiro.

Jean-Paul Marat (1743-1793)
Doutor em medicina e cientista. Médico da guarda pessoal do conde d'Artois.


Marquês de La Fayette (1757-1834)
Aristocrata.


François Noël Babeuf (1760-1797)
Jornalista, filho de militar.


Honoré Gabriel Riqueti, conde de Mirabeau (1749-1791)
jornalista, escritor, político e grande orador parlamentar francês. Filho do Marques de Mirabeau.


Nenhum comentário: